Brasil

12/02/2019 23:26

Funcionária da Funai de Ji-Paraná é presa junto com vereador em Rondolândia no Mato Grosso, confira.

Nesta terça feira, (12)  por determinação do (MPE) Ministério Publico Estadual do Mato Grosso, dois vereadores de  Rondolândia - MT foram presos em função de uma prisão preventiva, sendo uma vereadora a qual é  funcionária da Funai lotada em Ji-Paraná – RO.

A prisão dos  parlamentares e o afastamento do Prefeito Agnaldo Rodrigues de Carvalho se deu após investigação do Ministério Público Estadual apurar um esquema de “mensalinho”  comandado pelo vereador Joaquin da Cruz, além do bloqueio de bens dos envolvidos. Os vereadores presos foram: Joaquim da Cruz e Ligia Neiva que é funcionária da Funai lotada em Ji-Paraná, o Presidente da Câmara Diones Miranda Carvalho, é considerado foragido segundo afirmou o Delegado Gilson Silveira, uma vez que o parlamentar ao perceber a aproximação da Polícia empreendeu fuga, não sendo localizado, os envolvidos serão conduzidos para a Comarca de Comodoro.

Ainda de acordo com investigações desde que assumiu em 2017 a Prefeitura  de Rondolândia, Agnaldo  Rodrigues sofreu vários entraves de um grupo de parlamentares que cobravam espaço no Executivo com nomeações indicadas pelos parlamentares.

Em seu depoimento ao Ministério Publico, Agnaldo confessou que cedeu a pressão que por intermédio de outras pessoas entregava-lhes  dinheiro para manter sua sustentabilidade política no Município.  A vereadora Ligia Neiva foi presa no ano de 2004 em uma Operação da Polícia Federal conforme informações da Gazeta Digital de Cuiabá, relembre o caso,

http://www.gazetadigital.com.br/editorias/cidades/detidos-funcionarios-da-funai/36784


Logo 400x340Img 20181110 wa0036OndaImg 20181118 wa0053Img 20180328 wa0042

Todos os direitos reservados, site plantaocentral.com.br/agosto/2015

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo