Joomla Templates and Joomla Extensions by ZooTemplate.com

POLÍCIA CIVIL PRENDE MULHER ACUSADA DE MATAR A TIROS O PRÓPRIO IRMÃO NO CENTRO DA CIDADE

Com a prisão de Demissandra Alves Lima de Souza, mais conhecida como Sandra, a Polícia Civil da cidade de Jaru, elucidou nesta quarta feira (24), o crime ocorrido na noite do dia 11 de abril deste ano, em que vitimou Andiemerson Lima de Souza de 26 anos, executado a tiros no momento em que transitava com sua motocicleta pela Rua Rio Grande do Norte, próximo ao Posto Texaco.

De acordo com a Polícia, Sandra que é irmã da vítima, seria a autora dos disparos de arma de fogo, que foram efetuados da garupa de uma motocicleta, cujo seu condutor até o momento não foi identificado e localizado. Segundo a versão de uma testemunha ocular, a vítima antes de morrer teria suplicado de joelhos a sua irmã que não o matasse.

Após o crime, o Serviço de Investigação e Captura da Polícia Civil, sob o comando do delegado de Polícia Dr. Salomão de Matos, iniciou os trabalhos investigativos colhendo diversos depoimentos, inclusive de uma testemunha presencial que atribuiu a autoria do homicídio a irmã da vítima.De posse das informações prestadas pelos depoentes, o Delegado que preside o inquérito Dr. Salomão de Matos representou junto a justiça o pedido de prisão preventiva em desfavor da acusada, o qual foi aceito na tarde de ontem, e cumprido por policiais civis no momento em que a acusada se encontrava em sua residência.

O Delegado, confirmou a nossa reportagem que Sandra, que é amasia do detento Celio dos Santos Maciel, o qual cumpre pena por roubo na Casa de Detenção local, teria executado a sangue frio seu irmão, por ele ter se recusado a lhe ajudar custear as despesas com advogado no intuito de tirar Celio da prisão. Negativa está que teria deixado Sandra bastante enfurecida que somado ao fato em que a vítima teria demostrado intensão de denunciar a polícia as ações criminosas perpetuadas pelo casal, fez a mesma decidir pela sua execução.

Com a detenção de Sandra e Celio, a Policia Civil, conclui que também elucidou outro crime, onde este ocorreu no município de Buritis no dia 08 de maio de 2012, e deixou como vítima Isaias Felipe, que conforme a polícia, ele teria sido executado pelo casal pelo fato do mesmo ter se dirigido a Jaru para cobrar uma dívida de Celio e Sandra.

 

Fonte: Jaru Online


Comentar a matéria:

Vídeos


Sociedade Soproteji
Sociedade Soproteji
BALANÇA PESAGEM
BALANÇA PESAGEM
ACIDENTE MOTO
ACIDENTE MOTO
INCÊNDIO BAR
INCÊNDIO BAR

Inauguração ji cred
Inauguração ji cred
Menores Expojipa
Menores Expojipa
CIRURGIAS ELETIVAS
CIRURGIAS ELETIVAS
Criança morre afogada em buraco aberto pela CAERD em JI PARANÁ   RO
Criança morre afogada em buraco aberto pela CAERD em JI PARANÁ RO