Polícia

04/05/2020 10:52

Esposo mata esposa após bebedeira e confusão

Na noite deste domingo,(03), um homicídio foi registrado  no setor rural em Ji-Paraná. De acordo com informações a Central de Operações recebeu uma ligação informando que haveria um roubo na localidade da Rondônia rural show, a Central  determinou as Guarnições de setores e Guarnição do Patamo onde realizaram o cerco e localizaram Mário Júnior  Silva da Silva de 33 anos com um ferimento a bala em um dos seus braços. Ao ser questionado  Mário  relatou aos Policiais que havia acabado fde chegar em sua casa e foi surpreendido por alguns elementos que anunciaram o roubo e começaram a  atirar atingindo  também  sua esposa identificada como: Vanda Ferreira Dias que  veio a óbito no local, uma terceira  pessoa identificada como: Raimundo  Roni da Silva foi atingido e socorrido   até ao Hospital Municipal por uma Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros. Ainda no local Policiais que registravam  a ocorrência colhia informações  com Mário sobre o ocorrido, porém  Mário  entrava em contradições,inclusive  os Policiais  do Patamo localizaram em meio a pastagem uma espingarda calibre  28 e ainda duas munições de  calibre 22. Mário assumiu a propriedade da espingarda e relatou que tentou se defender de Raimundo. Os Policiais ainda localizaram a testemunha Thais esposa de Raimundo que relatou que os dois casais:  Mário, Vanda, Raimundo e Thaís estavam em uma propriedade  de um amigo de Mário, onde consumiram bebida alcoólica e  não satisfeitos ainda passaram em um bar e continuaram a beber. Ao chegarem no alojamento Raimundo começou a enforcar sua esposa Thaís  a qual pediu socorro, porém  Mário falou a sua esposa Vanda que não iria intervir na briga do casal de amigos que no dia seguinte estaria tudo bem entre eles e que Mário e Vanda seriam os errados. Em dado momento a situação  ficou mais calorosa e Mário sacou de uma arma e disparou contra Raimundo, momento em que Vanda entrou na frente de seu esposo para evitar que seu esposo atirasse em Raimundo, Vanda acabou sendo atingida e tendo morte instantânea. Thaís esposa de Raimundo que havia  se escondido em meio ao mato relatou aos Policiais que ainda havia escutado ao menos dois disparos. Raimundo  que foi socorrido  ao Hospital Municipal chegou a dar o nome falso, uma vez que o mesmo havia em seu desfavor um mandado de prisão da comarca de  Porto Velho. A Policia Técnica foi acionada para os trabalhos periciais e liberando o  corpo para a funerária de plantão.


20200320 165039OndaImg 20181118 wa005320191014 192419Img 20180328 wa0042

Todos os direitos reservados, site plantaocentral.com.br/agosto/2015

versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo