20201214 172001
Master

Busca

Bannerweb sobrevivente alero 970x250

Redes Sociais

Polícia

26/04/2022 21:41

Um homem e duas mulheres morrem em guerra de facções, sobrevivente delata os atiradores, confira

Começam a surgir os primeiros nomes das vítimas de chacina que teria sido executada por facção criminosa em Vilhena

Sobrevivente perdeu namorada e entregou nomes de atiradores

Enquanto não são confirmados oficialmente os nomes das três pessoas assassinadas a tiros em Vilhena no final da tarde desta terça-feira, 26, o FOLHA DO SUL ON LINE baseia as informações desta reportagem no relato do único sobrevivente da chacina.

Segundo apurou o site, dois casais em duas motos haviam passado a tarde no balneário “Novo Paraíso”, que fica nas proximidades da “Chácara da Asmuv”, quando foram atacados a tiros, aparentemente de pistola Ponto 40, ao retornarem para a cidade. Duas vítimas morreram na hora e outras duas foram levadas para a UPA, onde uma das garotas baleadas foi a óbito (ENTENDA AQUI).

O site apurou que o primeiro a ser atacado foi o casal formado por um rapaz chamado Rogério, e a namorada dele, Dayane Pereira da Silva, que chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos. A jovem, segundo fontes policiais ouvidas pelo site, seria “correria” de uma facção e acabou migrando para outra, que era rival no mundo do crime.

Após a parceira morrer, Rogério, que levou um tiro na mão, conseguiu se esconder no mato. Ao ser socorrido e levado consciente para o hospital, ele deu os nomes dos supostos atiradores, que seriam do PCC. Ele e as outras vítimas faziam parte do Comando Vermelho.

Embora ainda não possa ser confirmado oficialmente, já que ninguém portava documento, o segundo casal alvejado seria formado por um jovem de nome Diego e uma garota ainda não identificada. Após a jovem morrer na hora, com tiros na cabeça, o parceiro dela empreendeu fuga na moto que pilotava.

Vindo em direção a Vilhena, o motociclista não conseguiu fazer uma curva na estrada de terra e caiu. Os assassinos, que vinham atrás na perseguição, o executaram com vários disparos, inclusive no rosto, deixando-o de barriga para cima ao lado de um barranco.

A foto que ilustra este texto é da jovem Dayane, que chegou a ser socorrida, e do namorado dela, conhecido como “Rogerinho”, que foi baleado na mão e não corre risco de morte.

O FOLHA DO SUL ON LINE segue acompanhando o caso e trará informações oficiais após a divulgação do Boletim de Ocorrência Policial, que ainda está sendo registrado.

Matéria foto folhadosulonline com.br


Todos os direitos reservados, site plantaocentral.com.br/agosto/2015

Crie seu novo site Go7
vers�o Normal Vers�o Normal Painel Administrativo Painel Administrativo